A anatomia do projeto de móveis: 03 etapas para você ser eficiente

Olá profissional de interiores! Vamos colocar ordem e eficiência nos projetos de móveis (e qualquer outro tipo de projeto) que estamos fazendo para nossos clientes?

Então continue lendo e veja como fazer isso.

Todo trabalho para ser bem executado, precisa ter etapas bem definidas que darão ao projeto, começo, meio e fim.

Em Design de Interiores não é diferente, seja para planejar um ambiente, fazer um projeto de paginação de revestimentos de pisos e paredes ou projetar móveis, será necessário dividir o trabalho em etapas para cobrir tudo o que envolve o trabalho em questão e conseguir atingir os desejos e necessidades do seu cliente e também as suas necessidades como profissional.

Então vejamos quais são as 03 etapas para realizar um projeto de móveis para um cliente:

Etapa 1: Entrevista com o Cliente (briefing)

Essa etapa serve para você conhecer melhor o seu cliente e estabelecer a forma de trabalho que será desenvolvido. Para realizar o briefing, você deve seguir 04 passos:

Passo 1: Perfil do Cliente

Para definir o perfil do cliente, é necessário aplicar um questionário que vai ajudar a conhecer desejos e necessidades dele.

Além disso, exercite seu poder de observação, estabeleça conversas informais com seu cliente em momentos diferentes e perceba detalhes que ele não está dizendo ao responder ao seu questionário de briefing.

Você pode usar inicialmente as seguintes perguntas na sua entrevista:

1) Quem vai habitar o ambiente?

2) Quantos moradores há na casa?

3) Há portadores de necessidades especiais?

4) Quais os Hobies dos moradores de cada ambiente a ser projetado?

5) Quais as idades das pessoas que vão habitar os ambientes a serem projetados?

6) Qual e estatura dos moradores que vão usar os ambientes projetados?

7) Tem animais de estimação?

8) Quais são as cores favoritas?

9) O que você gostaria ou não gostaria de ter no espaço?

10) Qual é o estilo do morador?

11) Quais são os gostos pessoais dos moradores?

Com o tempo, você perceberá a necessidade de acrescentar outras perguntas e logo terá seu próprio questionário baseado na sua experiência com seus clientes.

Passo 2: Definição do Espaço

Respondidas as questões do briefing, é hora de voltar a atenção ao espaço a ser projetado:

  • definir com o cliente o uso do ambiente
  • medir o espaço
  • tirar fotos dele
  • definir a ergonomia adequada a ele
  • fazer anotações

Passo 3: Orçamento

Como vimos até agora, para criar projetos de móveis para nossos clientes, é necessário avaliar sonhos, desejos e as reais necessidades de uso dos ambientes.

Conhecendo todos esses quesitos, prepare um orçamento que considerará, dentre outras coisas, os serviços que serão realizados,  etapas do projeto, valores e prazos para realização de cada etapa.

Você deve estar preparado para, ao apresentar o projeto e orçamento ao seu cliente, renegociá-lo, pois certamente ele vai questionar alguma coisa, valores, prazos, materiais que serão usados, etc.

Dica: Não caia na armadilha de baixar demais seus preços com medo de perder clientes, você pode acabar tendo que pagar para trabalhar.

Seu cliente precisa perceber o valor e não o preço do seu projeto. Qual é o valor de um projeto inteligente, bem elaborado, pensado nos mínimos detalhes, adequado às necessidades dele, que vai facilitar e tornar prática a vida dele, além de deixar os ambientes elegantes e convidativos?

Percebe a diferença? 

Passo 4: Contrato

Uma vez aprovado o orçamento é hora de formalizar o contrato.

Não inicie o trabalho antes de elaborar o contrato, essa é a ferramenta que vai resguardar o seu trabalho e o que foi decido entre você e seu cliente.

Sem ele você corre o risco de ter que arcar com trabalhos que não foram acordados anteriormente, porque no orçamento não há detalhes suficientes sobre o trabalho que está envolvido em cada item, dando margem a questionamento por parte do seu cliente, que pode querer que você execute serviços que não foram considerados na época do fechamento do orçamento, causando prejuízo a você.

O contrato serve para especificar tudo o que foi acordado entre vocês, se, por exemplo, foi contratado somente o projeto de móveis, o contrato descreverá todos os serviços envolvidos apenas para o projeto de móveis.

Se foi acordado paginação de pisos, revestimentos e projeto de móveis, então o contrato descreverá todos os serviços envolvidos para os projetos de paginação de pisos e revestimentos e de móveis.

O contrato não deixa dúvidas sobre os serviços que as partes acordaram e tem que ser cumprido por ambos os lados.

Pensando no nosso tópico (Projeto de Móveis), as partes podem acordar que a cobrança será feita por uma das seguintes maneiras:

Por projeto:

Cobrança somente pelo desenvolvimento do projeto

Por projeto e execução do projeto:

A cobrança será feita para desenvolver e acompanhar a execução do projeto

Por execução do projeto:

O cliente possui projeto e você fará apenas a execução do projeto

Etapa 2: Desenvolvimento do Projeto

 

Interiorando

Com o contrato assinado é hora de seguir para o desenvolvimento do projeto, que é dividido em 03 passos:

Passo 1: Estudo Preliminar

Baseado nas pesquisas de briefing feitas com o cliente, você apresenta pelo menos 03 desenhos em 3D, são 03 propostas diferentes que contemplem os desejos e necessidades dele.

Não use desenhos técnicos nesta fase, foque nos desenhos 3D para que seu cliente compreenda as suas propostas.

Deixe seu cliente fazer as observações e sugestões que ele julgar pertinentes e faça as modificações solicitadas.

Passo 2: Anteprojeto

Depois de discutido e aprovado o estudo preliminar, é hora de preparar os desenhos técnicos, planta baixa, corte, elevação e todos os detalhes que vão permitir que o projeto seja executado.

Apresente ao cliente os desenhos técnicos e desenhos em 3D para uma última análise e alterações.

Depois de aprovado, o passo seguinte é o projeto executivo.

Passo 3: Projeto Executivo

Aqui se detalha todo o projeto, com cotas, dimensões específicas e medidas milimétricamente perfeitas dos móveis planejados.

Junto com o projeto executivo, prepara-se também o memorial descritivo, que são as especificações do projeto, tipos de madeira, acabamentos, tipos de puxadores, ferragens e todas as especificações dos desenhos.

O projeto executivo e o memorial descritivo são peças fundamentais para a marcenaria ou empresa de móveis planejados que vai executar o projeto.

Esses documentos são entregues ao cliente e nessa hora inicia-se a etapa 3:

Etapa 3: Execução do Projeto

Se o contrato firmado entre você e seu cliente envolve a execução do projeto, então você deve acompanhar de perto a execução e instalação dele.

acompanhe a instalação dos móveis

Pode ser que o cliente não te contrate, inicialmente, para acompanhar a execução do projeto por acreditar ser desnecessário.

Entretanto, é provável que ao longo do processo ele perceba que precisará ter um profissional preparado para acompanhar execução e instalação e então ele pode querer te contratar quando essa hora chegar. Fique atento.

Seguindo essas 03 etapas você terá sucesso quando for desenvolver projetos de móveis e outros projetos que seus clientes solicitarem.

Dica Final

Tem um livro que eu gosto muito, ele não é sobre o básico do projeto de móveis, mas é um bom material de complemento para o designer de interiores, é o livro: Mobiliário para o Design de Interiores.

Ele trata sobre a especificação de móveis, mostra como projetar as diversas peças apontadas no livro, como detalhá-las para fabricação e os vários materiais que se pode usar.  

Na Amazon ele costuma sair mais em conta, mas você também vai encontrá-lo na Livraria Saraiva e em outras livrarias. A imagem dele é essa:

Mobiliário para o Design

Se você gosta de aprofundar seus conhecimentos, esse livro é uma peça que deve fazer parte da sua biblioteca profissional.

E se você gostou desse artigo comente aqui embaixo e compartilhe com quem mais você achar que precise dessa informação.

Siga a profissão que você ama!

Baixe o seu Guia e receba informações que vão te ajudar a se sair bem no mercado de Design de Interiores!

4 Comentários

  1. Boas dicas Vannia! Ainda mais para os recém formados! hehe. Abraço!

    • Vannia Bertholldo

      A ideia é essa Rafael :D!
      Um abraço.

  2. Leandro

    Parabéns. Ótimas dicas.

    • Vannia Bertholldo

      Que bom que gostou Leandro, um abraço!

Deixe um Comentário